sexta-feira, 6 de agosto de 2010

A lei que está abrindo melhores caminhos para as Eleições

Aquela impunidade em relação aos crimes eleitorais nos Três Poderes da nação, problema que vinha se arrastando há longas datas, dá bons sinais de que começa a ser caçada e freada pela Justiça Brasileira. E esta solução já tem nome: Ficha Limpa.

Nos últimos dias, o que se viu foi uma enxurrada de políticos tendo suas candidaturas impugnadas pela Justiça Eleitoral. Há casos de ex-governadores que tentariam retomar o poder, como Ivo Cassol, que já foi a autoridade máxima de Rondônia, mas durante a gestão 2006-2010 teve seu mandato cassado por compra de votos e abuso do poder. Neste corrente ano, ele até entrou na corrida pelo Palácio Getúlio Vargas (sede do governo rondoniense), mas foi pego pela nova lei federal e teve indeferida sua "inscrição" para a disputa.

Na Paraíba, a quantidade de concorrentes barrados pelo Tribunal Regional Eleitoral é impressionante. Até hoje (06/08), nada menos que 69 postulantes a deputado estadual, federal e senador tiveram que abandonar o páreo. Entre eles, um ex-governador, Cássio Cunha Lima (PSDB), que tentava a vaga no Senado. Vale lembrar que em 2009 o tucano foi cassado por distribuir cerca de 35 mil cheques a eleitores durante sua campanha de 2006.

Só aqui, na região de Sousa, já foram confirmadas duas rejeições: os ex-prefeitos Salomão Benevides Gadelha (PMDB) e João Marques Estrela e Silva (PDT). João pleiteava o posto de deputado federal, mas havia sido retirado do poder máximo da cidade em 2002 por compra de votos. Salomão não chegou a ser deposto, mas é acusado de desmandos como apropriação indébita e improbidade administrativa no período de 2002 a 2005.

Apenas esses exemplos regionais e estaduais já mostram como a Justiça, quando quer, pode muito bem punir e evitar esses "pulinhos de cerca" dos maus políticos. Ao mesmo tempo, dá esperança aos cidadãos que querem escolher só as autoridades capazes de prestar o verdadeiro serviço à população.

Ficha Limpa, uma lei que veio a calhar e está começando a resolver o problema que nenhum sujeito de bem agüentava.


Baseado em informações dos sites: 950News, G1, Diário do Sertão e Folha On-Line

Sem comentários:

Enviar um comentário